sábado, 31 de março de 2012

POR FALAR EM MAURÍCIO JOSÉ PAES/ JANETE


Eles são proprietários em Pilar do Sul das empresas:

1. JR Constr. e Engenharia Ltda, situada à Rua Coronel Moraes Cunha, 494;  

2. JR Pré Moldados Ltda. , à Rua Major E. de M. Cunha, 1.373;

3. RWM Consultoria Imobiliária, localizada à Rua Américo Brasiliense, 515 B

QUEM É MAURÍCIO JOSÉ PAES?


Ele reside em Pilar do Sul, é esposo de Janete Pedrina Carvalho Paes ( candidata a prefeita de lá nestas eleições, tendo Ângelo Paiotti como seu vice) e Vice-presidente do PSDB de lá.
Graças ao projeto de decreto legislativo número 06/2.011, de autoria do vereador Cid José Ferreira, da ala governista da Câmara Municipal, e como ninguém vota contra nessas proposituras, tornou-se "Cidadão Sãomiguelense".
Do que será que ele se esconde sendo SECRETÁRIO DE OBRAS EM SÃO MIGUEL ARCANJO?



ARRANJOS NA POLÍTICA DO INTERIOR



Quem faz os arranjos na política dos pequenos municípios do interior, além dos partidos políticos, são os deputados "bandidos" que nem de longe se interessam por mudanças ou promessas de futuro para os seus currais. 
São Miguel Arcanjo por muito tempo ainda será refém deles, a menos que o povo consiga tirar do caminho os seus assessores. 

TODO POLÍTICO É MESMO A OVELHA NEGRA DA FAMÍLIA.


Quem é esse novo envolvido no esquema Cachoeira que levou 175 mil do chefe de quadrilha que explora o jogo ilegal?
É o ator Stepan Nercessian, eleito deputado federal pelo PPS do Rio de Janeiro com 84 mil votos, depois de três mandatos como vereador.
Compromissado com a arte e a cultura, porém, tem como maior desafio o resgate da política no Brasil.

QUEM DIRIA??!!!


SÃO MIGUEL VAI APAGAR-SE HOJE?


Se você quiser, pode fazer: apague as luzes de sua casa entre as 20h30 e as 21h30 horas de hoje.
Esse ato foi idealizado pela organização ambientalista WWF - Fundo Mundial para a Natureza -  para marcar a luta contra o aquecimento global.
No Brasil, apenas 125 cidades participarão; no ano passado foram 123.
Mais de
540 monumentos, entre eles o Cristo Redentor, a Ponte Estaiada e o Senado Federal permanecerão apagados nesse horário.
No Brasil, acho que tudo isso é uma grande besteira.
É difícil educar este povinho!

OUTRO MÁRIO:



"O que mata um jardim não é o abandono! O que mata um jardim é esse olhar vazio de quem passa indiferente por ele"

Mário Quintana

"A REVOLUÇÃO DEMOCRÁTICA"


"Quero nesta oportunidade me congratular com o Coronel  MÁRIO LUIZ DE OLIVEIRA pela corajosa Ordem do Dia para o culto ao dia histórico de 31 de março de 1964, dia em que se comemora a “Revolução democrática” que restaurou a democracia no nosso querido Brasil. 


Suas palavras vêm me encher de orgulho por ter vivido aquela época. 

Por ter perdido noites de sono, em intermináveis horas de prontidão! 

Por ter chorado muitas vezes, ao ouvir o Hino Nacional Brasileiro! 

Por ter vibrado muitas vezes a cada vitória dos meus companheiros militares, na luta pela causa democrática! Parabéns!

Vou sair para a rua no dia 31 de março usando camisa amarela a exemplo dos meus companheiros militares!"



A) - RUBENS ALVES DA SILVA, Professor, Jornalista, Escritor, Poeta e Diretor do Jornal Opinião de Santana, Presidente do Conselho Municipal de Cultura.


FOI REVOLUÇÃO? FOI GOLPE? JULGUE VOCÊ!

bandeira_do_brasil_imagens_e_fotos_06


Nessa época, eu tinha 13 anos e acabava de perder minha avó. Esse, sim, foi o mais duro golpe naquela época! 


Leia o discurso abaixo e tire suas conclusões:


"Há 46 anos atrás, o presidente da República, João Goulart, era deposto. 


Uns chamam esse acontecimento de golpe militar, outros, de tomada do poder. 


Para nós, brasileiros, ocorreu a Revolução Democrática de 1964, que afastou nosso querido país de uma ditadura comunista, cruel e sanguinária, que só os irresponsáveis, por opção ou por descuido, não querem enxergar.

A grande maioria de vocês, principalmente os mais jovens, foram cansativamente expostos à ideia transmitida pela propaganda política, inserida nas salas de aula, nos ditos livros didáticos, nos jornais, programas de rádio e de TV, que os militares tomaram o poder dos civis para impedir que reformas moralizantes fossem feitas; que para combater os "generais que usurparam o poder" os jovens da época uniram-se e lutaram contra a ditadura militar e que muitos deles morreram, foram mutilados, presos e torturados na luta pela redemocratização do país; que jovens estudantes, idealistas, embrenharam-se nas matas do Araguaia para lutar contra a ditadura.
Erro! 
O nome do arquivo não foi especificado!
Mas, qual é a verdade sobre o Movimento de 31 de março? 
Para responder a esta pergunta, basta tão simplesmente voltarmos nossas vistas para aquela conturbada época da vida nacional. 
O país vivia no caos. 
Greves políticas paralisavam os transportes, as escolas, os bancos etc. 
Filas eram feitas para comprar alimentos. 
A indisciplina nas Forças Armadas era incentivada pelo governo João Goulart que queria implantar suas reformas de base à revelia do Congresso Nacional. 
Os principais jornais da época exigiam a saída do presidente, em nome da manutenção da democracia. 
Pediam para que os militares entrassem em ação, a fim de evitar que o Brasil se tornasse mais um país dominado pelos comunistas. 
O povo foi às ruas pedindo o fim daquele desgoverno, antes que fosse tarde demais.
E, assim, aconteceu o 31 de março!
Naqueles dias seguintes, editoriais e mais editoriais exaltando a atitude patriótica dos militares eram publicados, nos mesmos jornais que, hoje, caluniam a Revolução... 
Os comunistas que pleiteavam a tomada do poder não desanimaram e passaram a insuflar os jovens, para que entrassem numa luta contra seus irmãos, pensando que estariam lutando contra a ditadura. 
E mentiram tão bem que muitos acreditam nisso até hoje. 
E foi com essa propaganda mentirosa que eles iludiram muitos jovens e os cooptaram para as suas organizações terroristas. 
A luta armada havia começado. 
Foram vários atos terroristas: atentados a bomba no aeroporto de Recife, em quartéis do Exército, em instalações diplomáticas de outros países; sequestros e assassinatos de civis, militares e autoridades estrangeiras em solo brasileiro, terroristas introduziram no Brasil a maneira de roubar dinheiro com assaltos a bancos, a carros fortes e a estabelecimentos comerciais. 
Foram eles os mestres que ensinaram tais táticas aos bandidos de hoje. 
Tudo treinado nos cursos de guerrilha em Cuba e na China. 
As polícias civil e militar sofriam pesadas baixas e não conseguiam, sozinhas, impor a lei e a ordem. 
Para não perder o controle da situação, o governo decretou medidas de exceção, pelas quais várias liberdades individuais foram suspensas. 
Foi um ato arbitrário, mas necessário.
A frágil democracia que vivíamos não se podia deixar destruir!
Graças ao Bom Deus e Senhor dos Exércitos, vencemos a besta-fera!
Os senhores sabiam disso?
Com quantas inverdades fizeram "a cabeça de vocês"! 
Foi a maneira que os comunistas encontraram para tentar justificar a sua luta para implantar um regime do modelo soviético, cubano ou chinês no Brasil. 
Por intermédio da mentira, eles deturparam a História e conseguiram o seu intento. 
Alguns de vocês que não nasceram naquela época, chegam mesmo a acreditar no que eles dizem... 
E por que essas mentiras são repetidas até hoje? 
Por que passado quase meio século, ainda continuam a nos caluniar? 
Qual será o motivo desse medo e dessa inveja? 
Esta resposta também é simples: é porque eles sabem que nós, militares, não nos deixamos abater pelas acusações contra as Forças Armadas, porque, na verdade, apenas cumprimos o dever, atendendo ao apelo popular para impedir a transformação do Brasil em uma ditadura comunista, perigo esse que já anda ao derredor do nosso Brasil, só que com outra maquiagem.
É porque eles sabem que nós, militares, levamos uma vida austera e cultivamos valores completamente apartados dos prazeres contidos nas grandes grifes, nas mansões de luxo ou nas contas bancárias no exterior, pois temos consciência de que é mais importante viver dignamente com o próprio salário do que realizar orgias com o dinheiro público. 
É porque eles sabem que nós, militares, temos como norma a grandeza do patriotismo e o respeito sincero aos símbolos nacionais, principalmente a nossa bandeira, invicta nos campos de batalha, e o nosso hino, jamais imaginando acrescentar-lhes cores ideológico-partidárias ou adulterar lhes a forma e o conteúdo.
É porque eles sabem que nós, militares, temos orgulho dos heróis nacionais que, com a própria vida, mantivemos íntegra e respeitada a terra brasileira e que esses heróis não foram fabricados a partir de interesses ideológicos. 
É porque eles sabem que se alguma corrupção existiu nos governos militares, ela foi pontual e episódica, mas jamais uma estratégia política para a manutenção do poder ou o reflexo de um desvio de caráter a contaminar por inteiro um ideal.
É porque eles sabem que nós, militares, somos disciplinados e respeitamos a hierarquia, ainda que tenhamos divergências com nossos chefes, pois entendemos que eles são responsáveis e dignos de nossa confiança e que não se movem por motivos torpes ou por razões mesquinhas. 
É porque eles sabem que nós, militares, não nos dobramos à mesquinha ação da distorção de fatos que há mais de 40 anos os maus brasileiros vem impondo à sociedade, com a clara intenção de impor-lhe a ideia de que os guerrilheiros de ontem (hoje corruptos e ladrões do dinheiro público) lutaram pela democracia, quando agora já está mais do que evidente que o desejo por eles perseguido há anos, sempre foi – e continua sendo – o de implantar no país um regime totalitário, uma ditadura mil vezes pior do que aquela que eles afirmam ter combatido. 
É porque eles sabem, enfim, que todo o mal que se atribui a nós, militares, e às Forças Armadas - por maiores que sejam os nossos defeitos e limitações - não tem respaldo na Verdade histórica que um dia há de aflorar.
Soldados da Brigada Patrício Corrêa da Câmara! 
Pertencemos ao Exército Brasileiro, brasileiro igual a todos nós e com muito orgulho no coração. 
Exército invicto nos campos de batalha, onde derrotamos comunistas, nazifascistas, baderneiros, guerrilheiros, sabotadores, traidores da Pátria, conspiradores, predadores do patrimônio público, bandidos e terroristas. 
Mas retornemos agora nossas vistas para o presente...
O momento é decisivo para o Brasil e, por conseguinte, para todos nós, brasileiros. 
Mas será que estamos realmente conscientes disso?
Parece que não! 
O País vive em um clima de oba-oba, tipo "deixa a vida me levar, vida leva eu"... 
O dinheiro público é distribuído em alguns tipos de bolsas, umas de indisfarçável cunho ideológico revanchista e, outras, voltadas ao assistencialismo, nunca na história desse País visto em tão larga escala. 
A mídia satura a grande massa, "coincidentemente" o grande colégio eleitoral, com programas televisivos de baixíssima qualidade cultural, de cunho nitidamente apelativo, fabricando falsos heróis, que corroem os valores cristãos do nosso povo como que distraindo-o, a fim de impedi-lo de enxergar o que anda acontecendo por aqui e ao nosso redor: situações idênticas ocorridas no Brasil e em outros países são tratadas de formas diferenciadas, conforme a simpatia ideológica.
A palavra empenhada, as posições firmadas e documentos estratégicos são trocados ou modificados conforme a intensidade da reação da opinião pública, tornando transparente a falta de seriedade no trato dos destinos do Brasil, ou pior, revelando as verdadeiras intenções, ocultas e hediondas. 
Se não bastasse, serviçais de plantão vem à mídia tentar explicar o inexplicável, isso quando não jogam a culpa na opinião pública, dizendo que foi ela quem entendeu de forma errada ou procuram fazer-se de vítimas, face à suposta campanha difamatória, quando na verdade os fatos estão aí, as claras...
No entanto, parece que as pessoas encontram-se anestesiadas, apenas "vivendo a vida", discutindo qual a melhor cerveja, ou quem deve ser eliminado da casa, se tal jogador deve ser convocado... . 
O que vemos hoje já era utilizado nos tempos do antigo Império Romano, a estratégia do "pão e circo: dê ao povo comida e diversão de graça e ele esquecerá seus problemas ...". 
Porém, ao longo da História da civilização, diversas personalidades já apontavam para os perigos desses momentos de desesperança, destacamos:
- Martin Luther King: "O que me preocupa não é o grito dos maus. É o silêncio dos bons..."
- Burke: "Para o mal triunfar, basta os homens de bem não fazerem nada...";
- Mario Quintana: "O que mata um jardim não é o abandono! O que mata um jardim é esse olhar vazio de quem passa indiferente por ele"; e 
- Rui Barbosa: "De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir se da honra e a ter vergonha de ser honesto".
Não! 
Não deixaremos que os inimigos da Pátria venham manchar sua honra ou deturpar seus valores cristãos. 
Não envergonharemos nossos antecessores, os quais nos legaram esse Brasil-Continente, livre e soberano!
Soldados da 3ª Brigada de Cavalaria Mecanizada! 
Estaremos sempre atentos e, se o Bom Deus e Senhor dos Exércitos assim o desejar, cumpriremos nossa sagrada missão de defender a Pátria. 
Que seja isso, ou que o sol, sem eflúvio, sem luz e sem calor, nos encontre no chão a morrer do que vivo sem te defender... .
SELVA!
- BRASIL ACIMA DE TUDO!


- Discurso do Cel. Mário Luiz de Oliveira, Ch EM da 3a. Brigada de Cavalaria Mecanizada aos seus soldados - transcrito do Jornal Opinião.



MARIA JOSÉ NUNES SILVA



Faleceu ontem, às 13h, em Suzano.
A extinta contava com 72 anos de idade e era filha de Benedito Nunes e Maria Olívia.
Casada com Lázaro Soares da Silva, deixou os filhos: Aparecida, Miguel, Terezinha, José Carlos e Maria Inês.
O corpo está sendo velado na sala 1 do velório local, de onde sairá logo mais às 13h para o sepultamento no Cemitério São João Batista, em São Miguel Arcanjo.

Fonte: P. F. Camargo


sexta-feira, 30 de março de 2012

CHARGE DO MÊS

FRASES DO HOMEM DE ASSAÍ.


"O objetivo maior é ver São Miguel Arcanjo sair da situação que está, de encontrar o caminho do desenvolvimento através da união dos Poderes Públicos, de recuperar a dignidade e o amor próprio da população através de um emprego seguro e bem remunerado. Que possamos entrar para o século XXI com a certeza que os nossos filhos não precisem buscar oportunidades fora do Município ou do País, pois estas oportunidades estão aqui ao alcance das nossas mãos, que com um pouco de boa vontade e trabalho poderemos explorar este potencial que temos".

- frases impressas no panfleto do então candidato a vereador pela primeira vez no ano 2.000, Hélio Keichi Mori, hoje Presidente da Câmara Municipal de São Miguel Arcanjo. Está no terceiro mandato.

A BANDEIRA DO "MIGUELÃO".


No jornal "A Hora", no final de 1.996, ano de eleição que colocou mais uma vez o Albach no mando do Executivo em São Miguel Arcanjo, encontrei lá um texto intitulado "Inteligência Sãomiguelense":

"Passada a ELEIÇÃO MUNICIPAL, notamos que produziu uma retumbante reviravolta na vida quase que vegetativa de alguns oponentes, e que a avalanche de votos amarelou opositores conformados com a incompetência, todavia bem ao estilo "mineiro" predominou a maciça inteligência sãomiguelense dando um basta (!) nesse estilo de administração, se é que se pode chamar de administração construtiva?
Esse acontecimento histórico marca época e será lembrado, principalmente, quando a ultrajante vitória proporcionou a diferença de quase três  mil votos sobre os asseclas do PMDB e simpatizantes mais recentes.
No entanto, uma nova aura de renovação administrativa se dá, graças aos ELEITORES CÔNSCIOS que sentiram a necessidade de um novo ar no ambiente político sãomiguelense, e investiram positivamente no nosso novo prefeito.
E o que vemos hoje são indivíduos inconformados vagarem quase que sem rumo por ruas empoeiradas como se inacreditável fosse, pois jamais imaginaram tamanha lavada!
Alguns estrategistas políticos, de antemão, já previam a arrasadora vitória e em função dessas colocações por antecipação fazíamos nossas observações de que realmente havia um esvaziamento na campanha peemedebista, inclusive a fraqueza era demonstrada na participação de familiares colocando placas, dirigindo o som e pela qualidade de seus fiscais eleitorais, etc...
E, felizmente, uma mudança QUALITATIVA ocorreu no momento oportuno, isto é, na virada do século, propiciando um novo porvir que colocará nosso MUNICÍPIO na linha desenvolvimentista de que tanto almejamos.
Porém, quando a poeira tá quase baixando após a ultrajante vitória, começam a surgir uma série de comentários, inclusive, de que poderá haver um blecaute em São Miguel Arcanjo. De que a dívida da prefeitura é colossal (!); será verdade ou será mentira? Falam de que o montante da dívida é alto e o tempo do prefeito peemedebista está expirando, está findando. E, por certo, quitará essa dívida contraída.
Caberia à população perguntar: se não temos nenhuma obra em andamento, para onde será que direcionaram a verba pública? Qual a prioridade com o dinheiro público? Estariam tentando tapar algum "rombo" com receio de uma auditoria constrangedora?
Essa nefasta atitude administrativa será revanchismo de quem pouquíssimo fez e ainda queria fazer o sucessor???
Quando alguém pensa que pode colocar toda sujeira sob o tapete, ou cometer deslizes sem que as falcatruas sejam descobertas sem deixar vestígios, comete engano pois aguça ainda mais o interesse na investigação.
Por achar que são somente boatos, acreditamos que o nobre político derrotado no último pleito não deixará uma nódoa marcante e negativa, porém, o povo começa a ficar curioso e quer saber mais sobre qualquer dessas informações, se é mesmo verdade ou mentira!?"

"a) MIGUELÃO ASSESSOR"

Como sempre acontece com todos os políticos, o segundo mandato foi o pior de Albach. 
Talvez pela falta de Laís Bertoni, que na primeira gestão fora o seu braço direito; nada se fazia na prefeitura nesse tempo sem a anuência dela.
Mas quem foi LAÍS BERTONI?
Segundo o Braz da Banda, era filha da saudosa professora Irene Bertoni, casada com Sizenando, gente lá do Bairro de Santa Cruz, em São Miguel Arcanjo. 
E o Miguelão caiu do cavalo, porque se igualaram em "competência" tanto o seu querido candidato quanto o peemedebista derrotado.

SERÁ QUE O "CARLÃO DA VILA" CANDIDATA -SE DE NOVO?



7 DE ABRIL, A DATA.


Os agentes dotados em cargos comissionados que tiverem intenção de concorrer no próximo pleito devem deixar as respectivas funções e remunerações públicas seis meses antes da eleição.
Assim, o prazo expira no próximo dia 07 de abril.

Fonte: TSE

OS HOMENS DE BARBA MORRERAM TODOS.


Sobre a elevação dos homens sem méritos, assim já se expressava meu avô, o Major Luiz Válio, patrono de uma cadeira no Instituto Histórico, Geográfico e Genealógico de Itapetininga: os antigos, os homens de barba, ainda quando chamados hesitavam muito antes de aceitar um cargo público. 
E, quando isso acontecia, pediam conselhos aos amigos, consultavam a própria consciência, faziam a  comparação entre o peso do cargo oferecido e a capacidade que porventura possuíssem.
Homem velhoNaquele tempo, a vaidade e a ambição não destruíam tão facilmente a vergonha na cara.
Os que achavam que só serviam para esteira, assim preferiam continuar.
Já os talentosos, claro, antes de aceitar ponderavam muito.
É que naquela época ainda havia amor próprio e um nome a zelar.
Era preciso cultivar esse nome diante dos filhos, dos netos, dos parentes e afins.
Hoje, qualquer homem sem mérito se eleva em cargos públicos.
No entanto, se ele se dá importância, se ele acha que entende de tudo, se ele ambiciona o lugar, essa magia fará dele um fantoche, um manequim aos olhos da família e dos alheios.
O Estado se servirá desse manequim, pois um dia vai precisar dele. Faz de conta que o considera, e o ajuda, facilita a aprovação do seu nome para depois rir-se as suas custas na confecção dos seus arranjos.
Resta o que?
Sofrimentos para todos aqueles que necessitam dos serviços  sociais, os quais são mal administrados por esses homens sem méritos, pagos com dinheiro público unicamente para bem servir ao Estado.
São deixados pelo caminho milhares, milhões de vítimas dessa incapacidade, dessa inaptidão e dessa subserviência.
E acabamos chorando por nós mesmos porque esses homens sem méritos fazem parte da sociedade na qual nos inserimos. 
O que quer dizer que choramos e sofremos devido aos nossos próprios vizinhos que não nos consultaram, como antigamente, quando foram chamados a cumprir um cargo público.
É que não existe mais homens de barba.    


VOU PARAFRASEAR:



Acha- se inserido numa placa existente na Biblioteca Tosho-Kan pertencente à colônia nipo-brasileira que habita a Colônia Pinhal, em São Miguel Arcanjo, a seguinte frase:

"O POVO QUE SE ESQUECE DA PALAVRA PERDERÁ UM DIA O SEU DINAMISMO"

Parafraseando, eu digo que: 

"O POVO QUE SE ESQUECE DA HISTÓRIA PERDERÁ UM DIA O SEU TERRITÓRIO" 


A BIBLIOTECA NIPÔNICA DE SÃO MIGUEL ARCANJO






Localizada na Colônia Pinhal, no município de São Miguel Arcanjo, a Biblioteca "Tosho-Kan" nasceu como produto de um sonho do empresário japonês Tetsuhito Amano, hoje com 74 anos de idade, ele que desde criança trabalhou como ajudante de biblioteca ao lado dos pais.


A exemplo de uma biblioteca que ele fundou na Rua Vergueiro, em São Paulo, no ano de 1.985 mandou construir um imóvel para abrigar a "Tosho-Kan", na Colônia Pinhal, em uma área de 12 hectares, da qual ele é o patrono.
Denominada como "Biblioteca dos Jovens de Pinhal", o objetivo sempre foi transmitir a cultura nipônica para os descendentes de japoneses nascidos no Brasil.
Todos os livros estão escritos em japonês; são mais de 100 mil exemplares, englobando pesquisas, infantis, culinária oriental; tem até fitas de filmes dublados em português, tudo espalhado em um espaço de mais ou menos 650 m2.
Segundo Ochi, o administrador da Biblioteca, havia em 2.010 muitos caixotes lacrados cheios de livros que vieram para cá trazidos de uma biblioteca que fechara em São Paulo.
É ele quem afirma: 
"Hoje em dia, recebemos a visita de cerca de 60 pessoas por semana, principalmente aos sábados. Há uns anos, a frequência era maior. Hoje, os descendentes estão ficando distantes da cultura de origem. As meninas japonesas tingem o cabelo de  vermelho e loiro. Vivem uma cultura mais americanizada".




Atuando como agente realizador de intercâmbios entre o Brasil e o Japão, Tetsuhito Amano recebeu o título de Cidadão Paulistano, conforme propositura do vereador Ushitaro Kamia no ano de 2.008 endossada por outros vereadores tais como: Ademir da Guia, Agnaldo Timóteo, Celso Jatene, Claudete Alves, Celso Russomanno, Tião Farias, Beto Custódio, Edivaldo Estima, Eliseu Gabriel, Jooji Hato, Myryam Athie, Aurélio Miguel, Francisco Chagas, Milton Leite, José Police Neto, Paulo Frange, Roberto Tripoli e Wadih Mutran.


Lembra-se daquele prédio - foto ao lado - tombado pelo Patrimônio Histórico de São Paulo e que no ano de 2.006 desabou na Praça da Liberdade, em São Paulo, deixando mais de 50 desabrigados? 

Era propriedade de Tetsuhiro Amano; no terreno, Amano mandou construir em 2.008 um prédio de 20 andares e nele haverá  também uma biblioteca. 
O administrador da biblioteca localizada na Colônia Pinhal, é quem fala mais sobre o empreendedor: 
- " Ele veio pro Brasil e gostou muito daqui, principalmente da natureza. Ele fez isso para que os japoneses e descendentes que estão por aqui não esqueçam da língua". 
Amano visita o local a cada três meses, ele que também se tornou por isso "Cidadão Sãomiguelense" desde 2.011. 



Além da Biblioteca, há cursos como de taiko, culinária e língua japonesa.
O telefone: 3379-6592

quinta-feira, 29 de março de 2012

O NOSSO ADMINISTRADOR CUIDA MAIS DA AMIZADE COM OS JAPONESES DO QUE COM O POVO QUE LHE DEU O MÁXIMO PODER.





Escondidinho, atrás do prefeito de São Miguel Arcanjo, Antonio Celso Mossin, o Presidente da Câmara do Município de São Miguel Arcanjo, Hélio Keichi Mori.

Na 14a. Assembleia Ordinária da UCES - União Cultural e Esportiva Sudoeste 1.





Na mesa, o segundo a partir da esquerda é o prefeito de São Miguel Arcanjo, Antonio Celso Mossin.
O que a cidade está ganhando com isso?

IMIGRANTES SUÍÇOS



Eles vieram da terra do texugo e da doninha. 
Da Suíça para Capivari, no Estado de São Paulo, Brasil. 
De Capivari para São Miguel Arcanjo desde o ano de 1.942, eram muito conhecidos como a família do saudoso Francisco Angartem, casado com a italiana Irene Striulli, recentemente falecida.
Estabelecidos no Bairro da Lavrinha, lidaram com lavoura e gado, mas depois de alguns anos acabaram trocando 60 alqueires de terras por uma chácara na cidade, na Rua Narlir Miguel, 254, onde mantinham algumas reses, comercializando leite de porta em porta levado numa carrocinha puxada a cavalo.
Na fotocópia, da esquerda para a direita, e do alto: José, João, Pedro, Francisco, Rosário (pai do Dr. José Benedito), Augusto, Orlando, Maria, Osório, Jacintha (avó do José), Paulo, José Angartem e Emília.
Quando visitei a família, no ano de 2.003, aprendi com eles o que fazer para abrandar uma tempestade: é jogar uma peneira no quintal de casa, com o lado côncavo para cima. Mas a peneira tem que ter fundo em forma de cruz.
Gente boa, pacífica e honesta tanto os Angartem como os Striulli. 


"O BERÇO DE LUZIA"


GUILHERME MUSSI, EM ITAPETININGA, NÃO!


Bem que o vereador Antonio Marcos Polyceno, do PSD em Itapetininga, quis dar o título de "Cidadão Itapetiningano" ao "Príncipe", mas, depois de ouvir algumas discussões contrárias, percebeu que seria melhor retirar o projeto de pauta, para não desgastar sua imagem e vir até a perder votos na próxima eleição.
Resta São Miguel Arcanjo.
Quando é que algum vereador vai propor aos pares da Casa igual projeto ao amigo de Kassab?

CADÊ VOCÊS?


(EX- ALUNOS DA ESCOLA ESTADUAL "NESTOR FOGAÇA - de nosso arquivo)



(EX - INTEGRANTES DO ANTIGO PROJETO MARAKATUM, DA PROFESSORA MARILENE COSTA SERAFIM SANCHEZ - foto de nosso acervo- 2.001)

Está na hora de vocês votarem.
Uns, pela segunda ou terceira vez.
Jamais ouvi a voz de nenhum de vocês clamando a atenção do poder público para com seus próprios projetos ou dramas.
Onde é que vocês moram?
Nunca ouvi seus reclamos exigindo melhorias para a rua que passa em frente a sua casa, muito menos para a ponte que alguns de vocês atravessaram milhares de vezes quer a caminho da escola, quer para uma balada, um circo, um parque, um rodeio.
Para esses divertimentos que foram  trazidos de fora com o único objetivo de levar o seu dinheiro, vocês se determinaram a comparecer; numa sessão da Câmara, nunca vi vocês.
Como estudantes, aprenderam a "viver com a natureza", conheceram e até festejaram ao menos por um dia os ribeirões que margeiam a cidade, mas nunca denunciaram quando os viram abandonados pelo poder público.
Se alguns de vocês já constituiram família própria, como é que vem ensinando seus filhos a viverem com mais dignidade numa cidade que não valoriza as pessoas?
Como estudantes, lhes ensinaram também que os seres humanos precisam de urbanidade para poderem construir um futuro melhor para si e, consequentemente, para o lugar em que habitam.
Vocês realmente amam São Miguel Arcanjo?
Se amam, o que tem feito por ela?
Garanto que nem ao menos tiram o mato que cresce diante de seu portão, porque acha que isso é coisa da administração.
Mostrem então ao pessoal responsável qual o papel deles no desenvolvimento de seu município, de sua vida, de sua família, de seus filhos e futuros netos. 
Que tal neste ano vocês empunharem não a bandeira de algum candidato, mas a bandeira de suas reivindicações??!!!

     

PALMIRO DOS SANTOS


Faleceu ontem, às 18:45h, em Itapetininga.
O extinto contava com 84 anos de idade, era filho de Juvenal Batista dos Santos e Adelina Pereira.
Solteiro, não deixou filhos.
Está sendo velado na própria residência de onde, logo mais às 17 horas sairá o féretro com destino ao Cemitério São João Batista, em São Miguel Arcanjo.

Fonte: P. F. Camargo

quarta-feira, 28 de março de 2012

ESSE PAPO DE CIDADE DIGITAL?




As prefeituras interessadas em participar do projeto Cidades Digitais terão até 13 de maio para inscrever sua proposta ao Ministério das Comunicações.
O governo publica nesta quinta-feira (29) o edital do projeto, que tem o objetivo de conectar os órgãos municipais, melhorar a gestão pública e instalar postos de acesso gratuito à internet.
Cerca de 80 cidades serão escolhidas, o processo de seleção termina em 19 de julho. 
O edital vai dar preferência àquelas com até 50 mil habitantes, nas regiões Norte e Nordeste e com menor Índice Firjan de Desenvolvimento Municipal.
A distância da cidade ao backbone (infraestrutura de rede) da Telebras ou de outras operadoras deve ser de até 50 quilômetros. 
O governo espera que os custos do programa sejam de R$ 40 milhões.
No ato da inscrição, as prefeituras devem demonstrar que vão se comprometer com a implantação do projeto, descrever como esperam ter sua gestão aperfeiçoada com o projeto, que resultados esperam e que pontos querem conectar.

Fonte: Folha.com

MILLOR FERNANDES SEGUIU ANYSIO.


O HUMOR AGORA MORA MAIS EM CIMA.

O PSDB MUDOU A HISTÓRIA EM SÃO MIGUEL ARCANJO.


O último ato improbo do prefeito Antonio Celso Mossin foi antecipar para o dia 31 de março o 123o. aniversário de vida independente do município de São Miguel Arcanjo.


(foto do site da Banda Marcial Municipal de Votorantim no desfile de 2.011)

Ao invés de mostrar a cidade e o que ela possui, ou não possui, o prefeito sempre trouxe fanfarras de fora para demonstrar ao povo sãomiguelense o que ele pode fazer com o dinheiro desse povo, não investindo quase nada em favor de sua própria cultura. 




QUEM É ESSE ANDRÉ LUIZ ROSSETTINI????


O NOVO SECRETÁRIO DE ASSISTÊNCIA SOCIAL DE SÃO MIGUEL ARCANJO CHAMA-SE ANDRÉ LUIZ ROSSETTINI, ESTÁ HÁ 7 MESES NESSA FUNÇÃO E TEM , SEGUNDO ELE MESMO, UM HORÁRIO DE TRABALHO SEMANAL BASTANTE FLEXÍVEL, POIS TEM QUE VIAJAR MUITO PARA BUSCAR CADA VEZ MAIS RECURSOS PARA O MUNICÍPIO.


De onde esse cara?
De Itapetininga?
Quem acredita que ele busca recursos para o pobre povo de nossa cidade?
O que seria Assistência Social para ele?
Seria esse Rossettini o mesmo da WD Exportação Ltda?
Que é do ramo de comercialização de hortifrutigranjeiros, ferragens e madeira, tintas e vernizes?
Que está no telefone  (15) 3527-6551?
Que tem endereço à Rua Amantino Ismael de Albuquerque, 65, na Vila Nova, em Itapetininga?
Quais suas reais ligações com o Executivo local?
Sabe a quem um cara desses engana?
A mim, a você, a todo o povo sãomiguelense, que de tanta humildade é visto pelos atuais governantes como imbecil, idiota, truão.
Mas também essa nossa Câmara de Vereadores, hein?
Entorpeceu?

POR FALAR EM LEI ORGÂNICA...


Me vem à memória o caso de Nestor Fogaça Filho, suplente de vereador em São Miguel Arcanjo.
A história?
Mesmo residindo em Sorocaba, passou a ocupar uma cadeira em nossa Câmara Municipal, tomando posse em agosto de 1.998, em lugar de Nelson José da Silva, vulgo Nelson Carioca, afastado por motivo de saúde.
Nenhum vereador fez objeção ao fato de ele aqui não residir,  muito menos os presentes à sessão questionaram nada, talvez  por conhecerem dessas "coisas" que acontecem por aqui e que ninguém explica.
O caso foi para a Promotoria, mas alguém atestou que o mesmo residia em São Miguel Arcanjo e o caso ficou por isso mesmo.
Ao tomar posse, e só nessa ocasião, é que Nestor Fogaça Filho, vulgo "Fogacinha" agradou, trazendo um discurso bem elaborado e, utilizando frases de efeito, relembrou seu saudoso pai Nestor Fogaça.
Depois disso, tornou-se na Câmara apenas mais um bom menino da bancada favorável ao então prefeito Luiz Gonzaga Albach, vulgo Zaga, sintonizada com tudo o que este desejasse. 
Um dos primeiros requerimentos que ele votou contra foi da então vereadora Rosa Maria que tinha como objetivo auxiliar a reativação da banda lira da Corporação Musical Sãomiguelense.
Foi um dos políticos mais manipulados pelo Executivo naquela época.
Jamais teve nenhuma expressão.

MARCOS RAVAGNANI ESQUECEU.


O VEREADOR MARCOS RAVAGNANI, NATURAL DO MUNICÍPIO DE BANDEIRANTES, NO ESTADO DO PARANÁ,  RESIDENTE À RUA FERNANDO COSTA, 487, ENFATIZOU NA ÚLTIMA SESSÃO QUE A LEI ORGÂNICA PRECISA SER MELHORADA E QUE SERVIDORES MUNICIPAIS DEVEM RESIDIR NA CIDADE E CUMPRIR HORÁRIO COMO TODOS OS DEMAIS FUNCIONÁRIOS.


POIS NÃO É QUE ELE E O SEU PARTIDO, O PMDB,  ESQUECERAM DE FAZER TAL EMENDA À LEI ORGÂNICA NOS QUASE OITO ANOS QUE VEM EXERCENDO A VEREANÇA EM SÃO MIGUEL ARCANJO?



SECRETÁRIOS DESLEIXADOS SÃO PEÇAS INÚTEIS NUMA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA.


Impossibilitada de assistir à última sessão da Câmara de Vereadores de São Miguel Arcanjo, acabo de receber e-mail de um amigo me fornecendo algumas "pérolas" do que lá ocorreu:


- O Secretário de Obras do Município, cobrado pelo vereador Paulo Ricardo da Silva, não soube responder qual foi a empreiteira que fez a cobertura da Praça de Eventos "Toamitse Iwassaki", que custou 130 mil reais aos cofres públicos. 


- Perguntado sobre a data de entrega das casas populares, respondeu que a data da inauguração está acertada para o próximo dia 15 de junho. 


- O vereador Paulo Ricardo quis saber por que São Miguel Arcanjo ainda não foi contemplada com o título de estância turística já que uma parcela do seu território constitui-se em área do Parque Estadual "Carlos Botelho"; 107 cidades também aguardam esse título, foi a resposta. 


- Segundo os vereadores Paulo Ricardo da Silva e Marcos Ravagnani deixaram claro, até o dia anterior não conheciam o novo Secretário de Assistência Social que reside em Itapetininga, que foi indicado por Eduardo Tsukamoto e que em São Miguel não dá expediente de segunda a sexta- feira. 


- Respondeu ao vereador Marcos Ravagnani, quando inquirido por este, que não sabia quantos funcionários trabalham na Pasta que ele comanda. 


- E quando o vereador Paulo Ricardo endureceu, fazendo diversas perguntas ao Secretário de Obras sobre a qualidade das pavimentações da Cohab 1, do Recinto de Exposições, dos valores gastos e das empreiteiras contratadas para os serviços, o Presidente da Casa, Hélio Keichi Mori tratou logo de encerrar, dizendo que o tempo havia expirado e que não se poderia fazer tais questionamentos.  


PENA QUE NÃO ASSISTI!

terça-feira, 27 de março de 2012

FRASE DO DIA:


O PREFEITO ANTONIO CELSO MOSSIN CONSEGUIU UMA FAÇANHA INÉDITA: GLOBALIZOU SÃO MIGUEL ARCANJO.
E FEZ ISSO DE TAL FORMA QUE SEUS SECRETÁRIOS NÃO CONSEGUEM DEFINIR QUAL O DNA QUE COMPÕE O ESQUELETO DO MUNICÍPIO.

MULHERES PROSTITUTAS AOS 12 ANOS DE IDADE NO BRASIL TEM...


O Superior Tribunal de Justiça (STJ) divulgou nesta terça-feira a absolvição de um homem acusado de estuprar três meninas de 12 anos. 
Segundo a relatora do caso, ministra Maria Thereza de Assis Moura, não se pode considerar crime o ato que não viola o bem jurídico tutelado - no caso, a liberdade sexual - porque as meninas se prostituíam na época dos supostos crimes.
Com isso, o tribunal estabelece jurisprudência segundo a qual a presunção de violência contra menor de 14 anos em estupro é relativa. 
A decisão diz respeito ao artigo 224 do Código Penal (CP), revogado em 2009. 
O texto vigente à época do caso julgado dizia que "presume-se a violência se a vítima não é maior de catorze anos".
Segundo o Tribunal de Justiça de São Paulo, a mãe de uma das meninas afirmou em juízo que a filha deixava de frequentar as aulas para ficar na praça com as amigas e fazer programas com homens em troca de dinheiro.
"A prova trazida aos autos demonstra, fartamente, que as vítimas, à época dos fatos, lamentavelmente, já estavam longe de serem inocentes, ingênuas, inconscientes e desinformadas a respeito do sexo. Embora imoral e reprovável a conduta praticada pelo réu, não restaram configurados os tipos penais pelos quais foi denunciado", afirmou acórdão do TJ-SP.
"Não me parece juridicamente defensável continuar preconizando a ideia da presunção absoluta em fatos como os tais se a própria natureza das coisas afasta o injusto da conduta do acusado", disse a relatora.

Fonte: Terra

VOTORANTIM TAMBÉM COMPLETOU 47 ANOS DE INSTALAÇÃO DO MUNICÍPIO. PARABÉNS!


IMPONENTES CADEIRAS DA CÂMARA DE VEREADORES!

                                                                         
                                                                 (foto de F. Silva)


QUEM ESTARÁ DE OLHO NUMA DAS CADEIRAS DA CÂMARA DE VEREADORES DE SÃO MIGUEL ARCANJO, ALÉM DO MIGUEL ARCANJO RODRIGUES DA COSTA, VULGO MIGUEL DO POSTO, E DOS QUE LÁ JÁ ESTÃO?
O ESTOFADO DE ANTES ERA MAIS "QUENTINHO"...


SE O CALOR PERDURAR,


Que tal um macadâmia amanhã?



POR FALAR EM JOGO DO BICHO...



Andava tudo muito calmo, ultimamente, com relação às atividades dos bicheiros no Brasil, que aos poucos foram se incorporando à cultura nacional, mas sabe-se que ninguém se torna banqueiro do jogo do bicho sem cometer crimes, sem matar alguém. 
Agora, através do senador Demóstenes Torres, parece que se abre novamente a porta que permaneceu fechada por um longo tempo, esquecida pelos políticos e até pela mídia.
Voltaremos a reconhecer das barbaridades cometidas por esses "profissionais". 
Uma entrevista com o promotor carioca Raphael Cesário, feita em agosto de 1.991, estarreceu os leitores da revista "Veja".
Odiado pelos bicheiros, Cesário já recebera muitas ameaças de morte até mesmo através de recados pessoais.
É ele quem afirma que todos os banqueiros do jogo do bicho exercem tráfico de entorpecentes; que eles são os grandes financiadores deste ramo de negócios; que todos os envolvidos nesse jogo corrompem, dando dinheiro  a várias autoridades de diversos escalões.
No Brasil, através do jogo do bicho patrocina-se carnaval, compra-se jogador de futebol, elege-se um político; são formas de lavagem de dinheiro. 
Segundo o promotor Cesário, a polícia não combate o tráfico de entorpecentes de fora para dentro do país porque, no momento em que fizer isso, vai deixar de receber o dinheiro do bicheiro. Uma remuneração que é, no mínimo, o triplo do salário mensal de um policial. 
O bicheiro paga, suborna, corrompe.
O promotor Raphael Cesário ainda prenunciou nas páginas de "Veja" que "estamos perdendo a noção da moral, do certo e do errado. Consideramos vitoriosos aqueles que ganham muito dinheiro, seja como for. Estamos apontando para nossos filhos o exemplo social do criminoso, daquele que gastou dinheiro corrompendo jovens, mas ficou rico".
Por isso, o que vem por aí será como a luta do bem contra a arma mais poderosa que existe: o dinheiro.

UMA MENSAGEM COMOVENTE


PEDOFILIA?

O INFERNO CHEGOU PARA DEMÓSTENES



Investigação policial gravou cerca de 300 diálogos entre o senador Demóstenes Torres e o empresário de jogos Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira.
O PSOL encampa pedido de abertura de inquérito.
Periga expulsão.
A carta de Demóstenes ao presidente do partido, José Agripino :


"A fim de que eu possa acompanhar a evolução dos fatos noticiados nos últimos dias, comunico a Vossa Excelência o meu afastamento da liderança do Democratas no Senado Federal".

OS EX-PRESIDENTES



Mais do que qualquer um deles, doente mesmo está o povo brasileiro. 

O VERBO POLITICAR


Reconhece o político?
A charge foi feita para o extinto jornal "A Tribuna de São Miguel Arcanjo", de 02 a 08 de fevereiro de 1.994. 

CAMPANHA DE ALCIDINO FRANÇA




Após a revolução de 1.964, São Miguel Arcanjo foi incluída no chamado "Triângulo da Estagnação", juntamente com os municípios de Guareí e Sarapuí, permanecendo esquecida completamente pelo governo paulista.
Tentando reverter esse quadro, lá estava o candidato a prefeito Alcidino França fazendo campanha no caminhão da Serraria Paranapiacaba, de propriedade de Alcindo dos Santos Terra.
Aqui, na fotocópia da fotografia, o caminhão estacionado em frente ao casarão do Nhô Bento França, seu pai, na Rua Siqueira Campos, que ainda resiste ao tempo.

PARABÉNS A CAPELA DO ALTO QUE ONTEM COMPLETOU 47 ANOS DE VIDA INDEPENDENTE.



Com apenas 47 anos de vida independente, o município de Capela do Alto, contando cerca de 20 mil almas, tornou-se já uma cidade dormitório, como tantas outras no interior paulista.
Brasão de Capela do AltoPossui uma lagoa com pista de caminhada, ciclovia e quiosques, onde os moradores se encontram nos finais de semana para pescar e fazer churrascos. 
Nas muitas festividades que lá são realizadas, como em todos os rincões paulistas, os rodeios não podem faltar e quando eles acontecem, alguns vândalos acabam destruindo os poucos patrimônios públicos que existem.
Nesta semana, inclusive, tem rodeio na cidade.
Como todo pequeno município, em Capela do Alto ainda tem muito a ser realizado.


segunda-feira, 26 de março de 2012

COLÔNIA SÍRIO - LIBANESA DE LUTO EM SÃO MIGUEL ARCANJO.


Faleceu hoje, às 13 horas, em Sorocaba, a senhora SALUA BITTAR.
A extinta era solteira, contava com 75 anos de idade.
Filha de Antonio Bittar e Alice Elias Bittar, não deixa filhos.
O sepultamento será realizado amanhã, dia 27, às 14 horas, no Cemitério São João Batista, em São Miguel Arcanjo.
O velório está acontecendo em sua residência à Rua Miguel Terra.

Fonte: P. F. Camargo

CRIME EM SÃO MIGUEL ARCANJO.

Bairro Santa Cruz dos Matos



A polícia de São Miguel Arcanjo prendeu em flagrante delito, acusado por cometer homicídio, o jovem Patrick Theodoro Ferreira Ayres Ventura de 18 anos. Ele é acusado de assassinar com golpes de faca, Francisco Mariano Vieira da Silva de 49 anos.
O corpo foi encontrado num terreno baldio no Bairro Santa Cruz dos Matos, divisa de São Miguel Arcanjo com Itapetininga; ambos são moradores do Bairro, onde ocorreu o crime.
Quando foi detido pela polícia, o jovem confessou a autoria do delito; ele foi levado para Delegacia, onde ficou à disposição da justiça. 
O crime ocorreu sábado à noite (24/03).

Notícia sem detalhe não é verdadeira, é uma suposição.

Fonte: Blog do Toni Silva